Quarta, 16 Dezembro 2015 14:39

Bebês da Virada

Gente, eu achei super legal esta ideia e estou aqui para compartilhar esta iniciativa com outras mamães.
Para mais informações acesse o site:www.bebesdavirada.com.br

https://www.facebook.com/dedesecco/videos/498565687017484/

A Justiça do Rio suspendeu os efeitos das resoluções que proibiam médicos cariocas de participarem departos domiciliarese obstetrizes e de acompanharem partos em hospitais. As duas resoluções haviam sido impostas peloConselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj)este mês, sob a justificativa de garantir a segurança da mãe e do bebê. Diversas organizações que defendem o parto domiciliar se manifestaram e o Ministério da Saúde, que defende a participação de doulas e obstetrizes em partos hospitalares, reafirmou seu apoio a essas profissionais.

A medida do Cremerj foi inédita no Brasil. A discussão havia começado em junho deste ano quando o órgão criticou publicamente o obstetra Jorge Kuhn, que defendeu o parto domiciliar em reportagem do Fantástico.

A decisão do juiz Gustavo Arruma Macedo veio após o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-RJ) contestar a decisão do Cremerj, classificando-a como “arbitrária, inconsequente, antiética e ilegal”, e entrar com uma ação civil pública. Em sua decisão, o juiz argumentou que a proibição da participação de médicos em partos domiciliares prejudicaria as mulheres que não têm acesso a hospitais, especialmente fora dos grandes centros, já que nesses casos seria indispensável a presença de um médico.

LEIA MAIS: RJ proíbe médicos de realizar partos domiciliares

Em relação àsdoulas, Macedo afirmou que “as limitações impostas pelo Cremerj parecem ignorar ou, ao menos, desconsiderar o inegável suporte emocional, psicológico e físico dado por parteiras, doulas, obstetrizes e etc., no parto hospitalar ou domiciliar”. As gestantes cariocas, portanto, poderão levar suas acompanhantes ao hospital no dia do parto sem restrições e os médicos que acompanharem um parto em casa não serão punidos.

FONTE: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI314464-10543,00.html

Última palestra do último ciclo de 2015 hoje aqui no Núcleo Gestar Feliz : Cuidados com o RN. Dr.Valeria Crisanto Guedes Franklin, "bombando" por aqui! Obrigado queridos, pela audiência e o carinho!

Segunda, 07 Dezembro 2015 14:29

Grupo de apoio ao Parto Humanizado em Gurupi

Nossa participação em uma reunião do Grupo de apoio ao Parto Humanizado em Gurupi, uma honra e uma alegria pra mim ver que graças ao esforço de algumas ativistas o movimento de humanização do parto no nosso estado só cresce, parabéns meninas super poderosas, contém sempre com a gente!!!

Há práticas, como dar banho na criança logo após o nascimento, que podem ser adiadas
Nem tudo o que é feito em uma sala de parto é tão necessário ou imprescindível quanto parece. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o parto é um evento fisiológico e sempre deve haver uma razão que justifique uma intervenção durante o nascimento de um bebê. Porém, a maioria dos nascimentos no Brasil é recheada de protocolos médicos sem evidências científicas que os comprovem.

Há práticas questionáveis, como dar banho na criança logo que ela nasce, que podem ser dispensadas ou adiadas a pedido dos pais, com o consentimento do obstetra e do pediatra.

"Antigos paradigmas estão sendo substituídos por medidas apoiadas em critérios científicos rigorosos e conhecidas atualmente com o título de 'medicina baseada em evidências'", diz Claudio Basbaum, especialista em ginecologia e obstetrícia, diretor técnico da clínica Pro-Matrix e membro do corpo clínico do Hospital e Maternidade São Luiz-D'Or, ambas em São Paulo.

Confira a seguir quais são os procedimentos dispensáveis. Para não realizar alguns deles, é preciso que os pais assinem um termo de responsabilidade junto ao hospital ao optarem por sua não realização.

1 - Aplicação de colírio de nitrato de prata
Se os exames para gonorreia e clamídia da mãe derem negativo, é possível dispensá-lo. Ele é usado em parto normal (jamais em cesáreas, já que o bebê não passa pelo canal vaginal), se a mulher tiver uma dessas doenças, para evitar conjuntivites graves no bebê causadas pela bactéria Neisseria Gonorrheae e pela bactéria Chlamydia Trachomatis. É importante que o produto não seja usado desnecessariamente porque pode provocar conjuntivite química na criança.

2 – Aspiração
Esse procedimento não deve ser realizado em todos os bebês. É obrigatório somente quando for necessário fazer a chamada ventilação por pressão positiva, ou seja, quando é o caso de reanimar a criança porque ela não está conseguindo respirar por si mesma.

3 - Injeção de vitamina K
A substância tem por finalidade prevenir hemorragia neonatal e é aplicada, geralmente, por via intramuscular no berçário. Porém, é possível fazer a aplicação oral em casa, para poupar o recém-nascido da dor provocada pela injeção. Segundo documento da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria), para administração oral, é preciso dar uma dose de 2 mg no primeiro dia de vida da criança e repetir o procedimento quando ela completar uma semana de vida.

4 - Teste do pezinho
Melhor coletar o sangue do bebê depois das 48 horas do parto e até 30 dias depois do nascimento para evitar que os resultados acusem falsos positivos, comuns quando o exame é realizado logo que a criança nasce. O teste é realizado antes desse período nos hospitais para que ninguém deixe de fazê-lo.

5 - Banho logo após o nascimento
A água usada para lavar a pele da criança retira o vérnix caseoso, uma substância gordurosa esbranquiçada que recobre o corpo do bebê e que costuma desaparecer após 24 horas.

Normalmente, as crianças são banhadas antes de serem entregues aos pais apenas para terem um aspecto mais agradável. O primeiro banho deve ser adiado até que a respiração esteja estabilizada e a temperatura corporal em torno de 36,7º C, o que ocorre entre três ou quatro horas após o parto.

A manutenção da barreira protetora da pele logo após o nascimento é válida para proporcionar uma boa adaptação da criança fora do útero, como também para a termorregulação. Além do mais, essa substância tem ação antibacteriana. Porém, após as primeiras 24 horas de vida, a retirada do vernix é recomendada para evitar infecções e alergias causadas pela alta umidade. Somente em alguns casos a remoção tem de ser realizada logo após o nascimento, como no caso de filhos de mães com HIV.

Fontes: Ana Garbulho, obstetriz, doula, consultora de aleitamento materno e autora do site Primeiros Dias; Carolina Hofmeister, médica ginecologista e obstetra responsável pelo curso Preparando o Ninho, da Escola de Pais do Mamusca, em São Paulo, e Claudio Basbaum, especialista em ginecologia e obstetrícia, diretor técnico da clínica Pro-Matrix e membro do corpo clínico do Hospital e Maternidade São Luiz-D'Or, ambas em São Paulo.

Leia em http://mulher.uol.com.br/gravidez-e-filhos/noticias/redacao/2014/11/24/dar-banho-no-bebe-logo-que-ele-nasce-e-dispensavel-entenda.htm

Segunda, 07 Dezembro 2015 09:56

PROMOÇÃO

Super promoção de ano novo.

Clique no link e veja o vídeo da promoção https://web.facebook.com/wilmafisio/videos/10207877576602797/

Esse documentário é fruto de pesquisas muito recentes, se você ainda acha que tanto faz ter um parto natural ou cesárea, da uma olhadinha, esse é só o trailer, quem quiser ver o filme inteiro eu tenho aqui, 50 minutos de duração, a gente pode fazer um cine pipoca....rsrs Você pode ativar a legenda em português nas configurações na barra de ferramenta, vá em traduzir automaticamente, ai vai dar opção da linguá é só escolher que ativa, não consegui postar ja coma a legenda, desculpem...

planoparto 570x100

 

FISIOPALMAS

Pioneira no Tocantins, a FISIOPALMAS, iniciou suas atividades na nova capital no início de1993. Leia mais...

Núcleo Gestar Feliz

O Nucleo Gestar Feliz é composto de uma equipe interdisciplinar que tem como objetivo incentivar e apoiar a gravidez e parto consciente. Leia mais...

 

TELEFONES

(63) 9 8141-1001 (Tim)whatsapp

(63) 9 8447-5155 (Oi)

(63) 3028-1556 (Fixo)

(63) 3028-1558 (Fixo)

 fisiopalmas.to@gmail.com

© 1993 - 2017 FISIOPALMAS. Todos os DIREITOS são reservados.

Desenvolvido por OceanoAzul 100x27